terça-feira, 5 de julho de 2011

Os maiores vilões dos games... 7

Então galere... Depois de três posições da nossa lista terem sido preenchidas por 4 raças vilanisticas... Voltamos a nossa programação normal com 2 vilões... Mas antes, aquela tradicional visitada pelo que já vimos...

19º Darth Vader - Pela série Star Wars, mas principalmente por tudo que fez com Starkiller, seu discipulo em Star Wars The Force Unleashed.
18º Saren Arturius - Por genocídio e experiências científicas com diversas raças alienígenas em Mass Effect.
17º O Chacal - Por tráfico de armas e por ter a chance de te matar várias vezes durante Far Cry 2 e não o fazer.
16º Cronos - Pela batalha (mais que) épica de God of War 3.
15º Cyberdemon - Simplesmente por ser o "Mais poderoso guerreiro do inferno" e não sofrer dano por nenhuma arma além do Cubo Alma.
14º Frank Tenpenny - Por ser um desgraçado de um tira corrupto.
13º Nemesis - Por ser um FDP cretino que lhe aplica diversos cagaços de parar o coração durante o game Resident Evil 3.
12º Albert Wesker - Não podia faltar o maior antagonista da série Resident Evil em qualquer lista de vilões.
11ª Vamp - Por ser o vampiro mais foderoso dos games... E não me vem com Drácula, aquela bicha véia dos games da Konami.
10º Psycho Mantis - Por ser um psíquico desgraçado que te dava altos sustos no Metal Gear Solid.
9º, 8º e 7º The Covenant, The Flood, The Geth e The Reaper - Por serem as raças mais badasses do universo gamer, ouso dizer que da ficção... Ou você lembra de algum outro ser que tenha dito algo tão absurdamente poderoso quanto. "- Reaper, Um título criado pelos Protheans, para dar voz a destruição deles. No fim, o que eles escolheram nos chamar foi irrelevante. Nós simplesmente... Somos". Ultimate freakin badass.

Juro que quando passamos pelo 10º colocado da nossa lista, as coisas ficaram terrivelmente difíceis...
Tendo dito isso... Temos em 6º e 5º lugares na nossa lista...

Liquid Ocelot... Mas como assim... Um cara ocupando duas posições? Senta que lá vem história...


Prepare-se para centenas de spoilers, então, se quiser descobrir tudo na história do game por conta própria, sugiro que pare de ler neste instante.


Revolver Ocelot

Primeira coisa, Ocelot nasceu no campo de batalha durante o Dia D... Sim, aquele dia D! Aí, como se fosse pouco... Ele é filho da The Boss com The Sorrow... A maior espiã do mundo e um telepata incrivelmente poderoso... Tão logo nasceu foi tirado dos pais para ser "criado" pelos Philosophers, uma organização dos 12 homens mais poderosos do mundo.

No início da sua (extensa) carreira militar, Adam, como também era conhecido, desertou para União Soviética, onde atuou sob o comando do Coronel Volgin como comandante da unidade GRU, mas como os Philosophers não brincam em serviço, e não treinam qualquer um... Adam era agente triplo, atuando pela KGB e CIA ao mesmo tempo enquanto estava no comando dos rebeldes de Volgin...


Foi enganado e tapeado de tudo que é jeito pelo Big Boss durante os eventos de Metal Gear Solid 3 Snake Eater, mas também aprendeu o estilo que lhe daria a alcunha Revolver Ocelot, onde recebeu a sugestão do seu inimigo de usar um revolver, devido ao seu estilo de manusear armas...


Na década de 70, Ocelot planejava nada mais nada menos que roubar o legado dos Philosophers, a fortuna que as três super-potências (EUA, União Soviética e China) roubaram durante a segunda guerra mundial, e obter ainda a lista completa com os nomes dos Philosophers, algo de muito maior valor que o primeiro item... Conhecimento é poder em Metal Gear.

Antes que pudesse concretizar seu plano, ele foi contatado pelo Major Zero, responsável direto pela missão Snake Eater, e comandante de campo de Big Boss. Este contato serviu para apresentar a idéia inicial do projeto Les Enfants Terribles, os clones de Big Boss e para convidá-lo a integrar os Patriots, organização que viria a substituir os Philosophers e continuar com o sonho da maior espiã do mundo The Boss, "Make the world whole again".

Parece complicado? É por que é mesmo... E fica melhor ainda com nosso próximo vilão...

Liquid Snake

Uma das "cobras" nascidas do projeto Les Enfants Terribles, Liquid Snake é o irmão gêmeo de Solid Snake, herói da série, e um dos maiores gênios (humanos) dos games... Ao contrário do que foi levado a acreditar pelos Patriots...

Desde o seu nascimento, Liquid foi levado a acreditar que ele recebera os "genes recessivos" de Big Boss, enquanto seu irmão Solid Snake, recebera as principais qualidades de seu "pai". Isso levou Liquid a ter grande ódio, tanto de Big Boss, pois pensava que essa seleção era idéia dele, e de Solid Snake por este ser cientificamente superior.

Com QI de 180, Liquid fala sete idiomas fluentemente, pilota helicópteros, aviões de caça e até mesmo alguns Metal Gears durante a série.

Durante o incidente de Shadow Moses, onde Liquid e a nova formação da Fox Hound tomaram conta da ilha durante o teste de campo do Metal Gear Rex, na época, a versão mais moderna do "equipamento", Liquid derrubou dois aviões de caça (F-16S) usando o helicóptero Hind D fornecido por um grupo de mercenários, o que na minha opinião já garante a entrada do cara na 5ª posição da nossa lista.

Neste evento ainda, Liquid fingiu ser o mentor de Solid, Master Miller, para que, ao invés de desativar o Metal Gear Rex, ele o ativasse... Que garoto esperto né...

Durante o último grande duelo em Shadow Moses, enquanto Snake ainda recobrava a consciência, Liquid dizia que seu maior objetivo era dar um propósito aos soldados do mundo, que continuamente eram usados por (em suas palavras) "políticos hipócritas e suas jogadas políticas"... Após ser derrotado pelo vírus FOXDIE, que foi "transportado" por Snake durante todo o game, Liquid, tendo Solid e Marryl, companheira de Snake durante o momento, na mira, simplesmente cai, morto ao chão...

Como único sobrevivente do incidente de Shadow Moses, Revolver Ocelot se reportou ao presidente dos EUA, George Sears, o terceiro clone de Big Boss, como foi descoberto durante a série, Ocelot era um espião infiltrado na FOX HOUND durante todo o tempo.

Durante essa "apresentação", Ocelot comentou que o clone inferior sobreviveu, entregando assim que Liquid era na verdade aquele com genes superiores o tempo todo. Depois de algum tempo, o corpo de Liquid foi recuperado, e o seu braço foi retirado para ser implantado em Ocelot, que perdeu o seu durante um embate com o Ninja...

Liquid Ocelot

Por mais incrível que possa parecer, a persona de Liquid "possuiu" a mente de Ocelot, ainda nos acontecimentos de Metal Gear Solid 2 Sons of Liberty, lá por 2007, durante o incidente do USS Discovery, que transportava o Metal Gear Ray, dos Marines.
Liquid se fortalecia cada vez mais dentro de Ocelot, e eventualmente tomaria conta do espião dos Patriots, mas como tempo era um luxo que Liquid não tinha, tratou de passar informações sobre o Arsenal Gear e a real situação na Big Shell, pois cada vez que Ocelot se aproximava de Solid, Liquid se aproximava mais e mais do seu objetivo, controle total sobre a psique do espião.

E isso aconteceu, durante os eventos na Big Shell, onde Liquid assumiu o controle e com posse das memórias de Ocelot, iria encontrar os Patriotas. Com posse do Arsenal Gear (um tipo de porta-metal gears submarino) Liquid lançou a imensa máquina de combate contra Manhattan e fugiu, usando seu Metal Gear Ray, para caçar os Patriotas.

Em 2014, Liquid tinha controle da Outer Haven, a organização dos 5 maiores exércitos mercenários do mundo.

Liquid ainda roubou um Metal Gear Arsenal, Outer Haven, onde planejava instalar a Rail Gun do seu Metal Gear Ray, e ainda planejava invadir a inteligência artificial que controla os Patriots, a JD (John Doe), já que tinha sob seu poder a GW, que fora reparada. Mas seu plano foi frustrado por um velho Solid Snake que além de derrotá-lo, lhe passou uma nova versão do vírus FOX DIE.

Após essa derrota em uma conversa com Big Boss, descobrimos que não fora o braço de Liquid que tomou conta da psique de Ocelot, e sim avançadas sessões de hipnotismo, para que o mesmo continuasse com os planos de Liquid, até mesmo seu braço era uma prótese cibernética.

Se você não entendeu horrores de coisas do texto acima, relaxa, os games são complicados mesmo, mas se gosta de uma história de espionagem realmente bem elaborada não perca... Os quatro games da série podem ser encontrados para PS1, 2 e 3...

E com essa dupla (ou seria trio?) de intrincados vilões da série com melhor roteiro dos games passamos pros últimos 4 vilões... E já de antemão aviso... Temos duas meninhas assustadoras no próximo post... Até lá...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade