segunda-feira, 2 de maio de 2011

O doce som do... Silêncio...

Nunca entendi pessoas que não conseguem ficar em silêncio por mais de cinco minutos... A maravilha que é ouvir os sons da natureza ou qualquer outra coisa que não seja a voz humana...
Desde os tempos de piazito, sempre fui de falar pouco, aprendi que se não tinha nada a falar, para que abrir a boca? E é isso que as pessoas parecem não entender... Algo precisa ser dito a todo instante... E com isso surgiram os "Abridores de conversa"... Um dos mais tradicionais é o "Será que chove hoje?", mas existem tantos quanto se possa imaginar.
Existem pessoas que abusam da "linkagem" entre situações, você está numa lancheria, a tv ligada, uma reportagem sobre os preços dos combustíveis, e um rapaz qualquer olha pra você com cara de pensador do século III antes de Cristo começa a conversa abaixo...
- Um absurdo isso... Pagamos nossos impostos pros políticos fazerem essas...
Utilizando-me de boa parte do meu auto-controle, respondo.
- Verdade.
Mas aí para minha surpresa o rapaz continua mexendo a boca (confeso que não estava prestando atenção alguma) enquanto olha pra mim... Quando parou de falar, ficou com cara de que esperava alguma resposta, eu precisava dizer algo... Droga... Já sei...
- ... 
Apenas empurrei o lábio superior para cima com o inferior, enruguei a testa em sinal de total atenção ao tema e ascenti com a cabeça Pensei ter atirado a conversa em um caixão, e enterrado ela uns sete palmos abaixo da terra...
- E o pior é o salário que esses caras ganham...
Continuou o mentecápito... Esqueci neste momento qualquer possibilidade de ter um almoço tranquilo e em silêncio.
Por que comentar, o que lhe dá o direito, você é especialista no tema? Ao menos estudou uns 15 minutos sobre o mesmo? Não, então a probabilidade de você defecar pela boca é muito grande...
Outro exemplo que cito é aquele que comentei no Twitter há algum tempo atrás... Estava eu caminhando na direção de casa e aproveitando o belo dia, quando vejo logo mais a minha frente, um trio de pessoas conversando tranquilamente... Um casal ouvia atentamente o terceiro sujeito que conversava com propriedade, braços cruzados e pose de quem sabia do que estava falando... Pensei que o papo estava bom, ia prestar alguma atenção quando passasse ao lado deles... Então ouvi...
- Só se usa gasolina ainda por interesse...
Disse o palestrante, cheguei a diminuir o passo esperando que realmente saísse algo interessante dali.
- É só colocar aquela coisinha atômica no carro que ele vai andar pra sempre...
Deus do céu... Juro que por um momento senti até mesmo a terra se movendo mais devagar...
É como aquele dito popular... "Perdeu uma chance de ficar quieto..." E continuo eu, sempre que lembro, poupando minhas chances de ficar quieto...
Ahn, e se alguém um dia descobrir, por favor, me envie uma foto de uma "Coisinha Atômica"...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade