sexta-feira, 6 de maio de 2011

O chamado de...

Ok pessoal, hoje vou fazer um pouco diferente quanto ao post de local mal assombrado... Não postarei sobre um lugar, e sim uma entidade... E o culto em torno dela...
Se eu te dissesse que a humanidade é o equivalente a uma espinha de algo muito maior? Os seres humanos existem apenas por um acidente, ocasionado pela "caspa" de uma entidade que desafia até mesmo a nossa compreensão da realidade e caiu na terra bilhões de anos atrás, sabe-se lá desde quando está conosco...
Se eu te dissesse que essa entidade pode parar de pé na parte mais funda (conhecida) do oceano, as Fossas das Marianas, que tem cerca de 11 quilometros de profundidade, e isto ainda deixaria mais da metade do seu corpo de fora da água.
Se eu te dissesse que este ser se encontra inconsciente no fundo do oceano, esperando por uma chance de acordar.
Se eu te dissesse que existe um culto de humanos ferozmente empenhado em causar o despertar de Cthulhu.
Não se preocupe se você não conseguir pronunciar o nome dele direito, basta chama-lo de Dread (Terror), uma vez que as cordas vocais humanas não conseguem chegar perto das quais conceberam este nome. Cthulhu é uma entidade cósmica, um tipo de sumo-sacerdote dos Grandes Antigos. Mas aí já divagamos, alguns dizem até mesmo que ele É um dos Grandes Antigos... O que são os Grandes Antigos? Nem queira saber...
Diz-se que este ser soberano espera no fundo do oceano, pelo seu despertar, e amigo... Quando isso acontecer...
Dizem que Cthulhu é maligno em sua essência, não acredito que a coisa seja dessa forma... Como pode algo muito mais velho que a nossa galáxia ser classificado (em nossa vã filosofia) como bom, ou mau?
A própria imagem acima é baseada nas recriações de H.P. Lovecraft, durante suas alucinações acerca do tema, e sob as quais escreveu vários livros... Entre eles "O caso de Charles Dexter Ward", "Nas montanhas da loucura" e o conto "O chamado de Cthulhu". Mas mesmo a mente de Lovecraft não poderia aceitar a imagem de Cthulhu, isso é uma das grandes características do culto a estas entidades infinitas, não existe como vencer, na melhor das hipóteses, após o contato com o conhecimento de fato, você é simplesmente assassinado por um dos cultistas... E isso amigo... É a melhor hipótese...
O caso de Charles Dexter Ward terminou de forma MUITO mais nefasta...
A maioria das criaturas descritas por H.P. Lovecraft é simplesmente inaceitável pelo cérebro humano, variando desde criaturas que lembram pepinos do mar de mais de 2m de altura com tentáculos o olhos insetóides, até o nosso supra-sumo do horror...

Na escuridão ele espera...
Então como lutar contra isso? A resposta? Nem tente, ignore qualquer existência...
Todavia isso não tem acontecido nos últimos anos... Depois da febre em torno do horror inconcebível de H.P. Lovecraft e o sistema de RPG, Role Playing Game (jogo de interpretação de personagem), as coisas só pareceram se multiplicar... Bandas de Rock & Roll, acreditando que a imagem do culto a Lúcifer havia enfraquecido, resolveram tomar para si parte do hype... Que o diga o Metallica com a música "Call of Ktulu"... Uma das melhores músicas da banda...

Que bom que não se atreveram a escrever uma letra... Por melhor que seja a banda... Jamais chegariam aos pés de Lovecraft...
De qualquer forma... Além dos livros de Lovecraft, o livro de RPG e a música, ainda tivemos a influência no cinema...
No filme "A beira da loucura" temos um vislumbre da influência de seres da mitologia Lovecraftiana sobre a mente de um escritor, e por isso, seus livros deixam as pessoas loucas... Preste atenção a parte do trailer que mostra vagamente as criaturas...
Assim como muitos outros mitos envolvendo o mau em suas esferas mais primordiais... Não se tem certeza onde fica a linha entre o real e o imaginário, quando se fala em Cthulhu... De qualquer forma... Durma bem...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade