terça-feira, 17 de maio de 2011

Interessante como as coisas são diferentes no Brasil né?

Dominique Strauss-Khan está preso, e vai continuar assim... Mas quem é esse senhor, DSK (iniciais do rapaz) é diretor do FMI, e foi acusado por uma funcionária de um hotel a obrigá-la a força a praticar sexo com ele... E por isso está preso, ela não tem provas, e ele é uma pessoa de grande influência no mundo moderno...

Por outro lado, Palocci exponenciou seu patrimônio particular em 4 anos, visivelmente de formas escusas e é defendido com unhas e dentes pelo governo brasileiro...

Não é difícil ver o que faz um país ser de primeiro mundo, ou de décimo quarto, né?



E o mais impressionante é que o Brasil ainda vai mais-ou-menos bem na questão econômica e no desenvolvimento social, imagine como estaríamos se não fosse a corrupção que consome cerca de 40% de tudo que é investido em infraestrutura, segundo pesquisa realizada por um grande jornal de São Paulo.

Mas aí você me diz: - Ahn, mas corrupção tem em todo o lugar, até nos Estados Unidos...
Pois é meu rapaz, só que se tivéssemos o nível de corrupção norte americano, cresceríamos economicamente 2% A MAIS POR ANO, segundo dado que li outro dia, diga-se de passagem, esse dado é desatualizado, pois remete ao ano de 2004, onde foram desviados "apenas" R$ 380.000.000,00...

Mas nós não estamos falando de um país sério, estamos falando do país do futebol, do carnaval, da caipirinha e do samba... Estamos falando de um país que desvaloriza completamente a educação, inserindo pessoas completamente analfabetas no poder público (em quaisquer esferas)...

Nem vamos entrar na legislação que ajuda a cobrir todos os esquemas, vide as escutas em diversos casos, que foram tidas como ilegais e por isso não-válidas para os processos contra os criminosos...

É meus amigos... A coisa está descarada... Mas o importante é que a copa e a olimpíada vem aí né?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade