quinta-feira, 26 de maio de 2011

E se... Ou melhor... E quando? A nova face do horror...

O IGSBA (vide a parte mais abaixo do blog para entender) apresenta um dos cenários mais improváveis do universo... Caturritas from hell?!?!
Esta é uma caturrita...


Sim, entendo que este cenário possa ter soado como a ilusão de um escritor sob efeito de ácido... Garanto pra vocês que não é o caso.
Este é um Dragão de Komodo... Sim, ele existe...

Se você acredita na teoria da evolução de Darwin, e que talvez os dinossauros possam ter evoluído para pássaros, por que não acreditar em uma retro-super-evolução dos pássaros? Uma revolução induzida, talvez até mesmo por acidentes como o de Fukushima ou as centenas de testes de armas nucleares realizados pelo mundo afora.

Ou pior ainda, um cientista manolocão resolvendo tocar o terror, misturou uma caturrita com um dragão de komodo e um sapo, para que o desgraçado ainda pudesse se multiplicar sozinho (como aprendemos no Jurassic Park). Na minha opinião está é a hipótese mais provável.

Imagine só, aquela caturrita que voava por cima da sua casa alegremente, 4 ou 5 dias depois passa destruindo a sua cidade. Meu deus! O horror!

Ok, as caturritas começaram a crescer.

Podemos ver nos noticiários que, de forma muito misteriosa, populações de pássaros predatórios começaram a desaparecer misteriosamente de uma determinada região, caturritas com mais de 1 metro de envergadura foram avistadas e então... O primeiro ataque a humanos por um destes seres com mais de 3 metros de envergadura.

As forças militares reagem de forma fantástica e arrebentam com as Super-Caturritas-From-Hell, chamemo-as de SCFH, em pouco tempo, afinal de contas, não passam de águias super-desenvolvidas com instinto assassino... Mas isso até que os demoníacos seres comecem a expelir fogo...

Como alguns anfíbios se multiplicam de centena em centena, tão logo víssemos as primeiras SCFH, já haveriam milhares voando e tocando o terror ger. Antes do primeiro ataque, provavelmente coordenado pela mãe/pai (sei lá), haveria uma multiplicação absurda do número destes seres, dependendo da região onde a coisa toda foi concebida, poderia se notar o desaparecimento de uma grande quantia de animais de médio e grande porte, como rinocerontes e elefantes, na África. (tá pensando que é fácil sustentar algumas centenas de SCFHs?)

E logo, temos uma nuvem negra de seres cuspidores do fogo com mais de 10 metros de envergadura, 30 nos adolescentes e 70 nos adultos... Fantástico né?

Então, deixamos de ter caturritas diabólicas, e temos dragões... Naturalmente que tudo acima é suposição pura... Apenas uma idéia sobre a formação do terrível cenário... No próximo post... Dicas...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade