quarta-feira, 13 de abril de 2011

Crítica de Game... Splinter Cell: Conviction...

Ok, você trabalhou por uma vida inteira para o seu governo, ou ao menos te fizeram pensar dessa forma... Então te dizem que teu chefe e melhor amigo te traiu, fazem você meter uma bala na cabeça dele em um porão sujo... Pra terminar, dizem que tua filha morreu...
Com essa premissa de um happy ending (sarcasmo), começa a aventura de Sam Fisher, super-espião que faz James Bond parecer um dos Backstreet Boys... Com metade dos gadgets e 3x mais culhões... Sam atravessa meia dúzia de cidades (até mesmo uma missão no Iraque) chutando bundas pra descobrir quem matou sua filha... Uma última missão...
Gráficos fantásticos, tiveram que lançar 2 patches para "levear" o jogo, já que a maioria das máquinas da época não conseguia rodá-lo em condições medianas...

Sam Fisher...
Pode-se ver levemente nessa imagem acima o efeito de foco, muito utilizado em jogos hoje em dia, perceba que a pistola nas mãos de Fisher está desfocada, enquanto podemos ver seu rosto perfeitamente.
Trilha sonora igualmente fantástica, superando e muito vários blockbusters hollywoodianos... Em sua maioria são músicas orquestradas, verdadeiras obras de arte. Assista ao inicio do game no vídeo abaixo e me diga se estou exagerando. Preste atenção também a direção cinematográfica, Steven Spielberg disse na primeira vez que viu o jogo, "Vocês vão me mandar uma cópia, certo?" em uma feira de games... E se tem o aval do grande Spielberg... Já sabe...

O que a voz de Michael Ironside traz de realismo ao game, além de dar personalidade ao personagem, as vozes dos capangas deixam a desejar, por muitas vezes repetidas, e com muitas frases feitas... Sem qualquer atuação...
Ouso dizer, enfim, que não existe filme de espionagem que rivalize com o roteiro deste game, a não ser é claro, pelas outras obras de Tom Clancy... Ficam as dicas de filmes... Qualquer hora faço uma crítica quádrupla...
Jogos Patrióticos
Perigo Real e Imediato
Caçada ao Outubro Vermelho
A Soma de Todos os Medos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade