segunda-feira, 18 de abril de 2011

Crítica de Game... Mafia 2...

Ok amigos, hoje venho passar pra vocês a dica de um ótimo game pra PC, Xbox 360 e PS3 (Wii explodiria como uma bomba atômica antes de conseguir gerar esses gráficos), Mafia 2...
Mafia 2 esteve em promoção na semana passada no Steam, por apenas U$9.99... Não dava pra perder né gente... Mas voltando ao game, já havia tentado jogá-lo uma vez, mas minha máquina era meio guenza na época, e o jogo ficava Lagando o tempo todo... E assim não dá né... Agora, alguns upgrades depois, finalmente podendo rodar o diabinho em plenos pulmões... Faço esse review...

Sim, aqui você precisa abastecer o carro se quiser ficar dando voltas pela cidade e provocando os policiais...
Como podemos ver na imagem acima, os gráficos superam (e muito) os do principal concorrente, GTA 4, diga-se de passagem, em qualquer aspecto. Às cores são muito mais vivas, fugindo da palheta acinzentada e sem vida de GTA... Não podemos desmerecer o grande líder do gênero, Empire Bay, a cidade de Mafia 2 é minúscula se comparada a Liberty City, a New York de GTA (ambas foram baseadas em NY, apenas em épocas diferentes).

A trilha sonora é fantástica em ambos, Mafia 2 conta com trilha orquestrada e grandes clássicos da década de 40 e 50, época onde se passa a história... Isso ajuda a entrar "de vez" no clima, para ajudar ainda mais... Existem Playboys (exatamente, a revista de mulher pelada) com capas da época para se colecionar, bem como posters de procurado com fotos da equipe de produção... Bem melhor que atirar em pombos como no GTA, não?

A chuva, ocorre apenas em momentos importantes para história...
Em Máfia 2 você não tem 10.000 coisas pra fazer na cidade como em GTA, mas isso foi um preço a pagar pela história fantástica... Seria um pecado comentar muito sobre a mesma, mas ao contrário de Niko Bellic, Vito Scaletta perde muito mais que sua casa na escalada ao poder... Muito mais mesmo...
Enfim, na falta de bons filmes de máfia como Cassino e Os Intocáveis... Um game como Máfia 2 mata a saudade de ver "as famílias" trabalhando...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade