quinta-feira, 21 de abril de 2011

Cê já jogou?

Algum dos games da série Metal Gear? Pergunto por que são obras primas, e como toda obra prima, merece ser apreciada pelo maior número de pessoas... Com esse intuito vou começar uma nova linha de posts, "Você já jogou?", é apenas um deles pretendo falar sobre filmes antigos também... Mas vamos por partes, como diria Jack o Estripador...
Na série criada por Hideo Kojima, temos a perfeita visão de uma distopia real, o constante e crescente número de guerras pelo mundo afora, o crescimento das forças militares mercenárias (vide a Blackwater nos EUA) e a venda de armamentos pelo mercado negro. Naturalmente que tudo isso por si só seria meio chato em um game, então o que um cara extremamente criativo como Kojima faz? Une a esse cenário poderes psíquicos, clones e muito "sobrenatural"... Basta ver o character design especialíssimo de Psycho Mantis, no primeiro game da série...

Mantis, a direita...
Então, no primeiro game da série (Metal Gear Solid) lançado para PS1 no longínquo ano de 1998, Snake, codinome do personagem principal da série, tinha de ir ao Alaska, na ilha de "Shadow Moses", uma base militar para armazenamento de mísseis nucleares e desmantelar a Foxhound, equipe de soldados geneticamente modificados que tomou a base e ameaçou lançar um ataque nuclear aos EUA se o corpo de Big Boss não lhes fosse entregue.
Parece complicado né? Então... Fica ainda mais... Big Boss foi o maior espião/soldado do mundo, e Solid Snake (personagem principal) assim como Liquid Snake (antagonista) são clones de Big Boss, criados segundo o projeto Les Enfants Terribles que almejava criar o soldado perfeito...
Essa base também era meio que garagem para o equipamento que dá nome ao jogo... Metal Gear, um tipo de mecha (robô) com capacidade de locomoção em diversos terrenos, o Metal Gear ainda foi desenhado para disparar armas nucleares táticas (menor poder de destruição e maior portabilidade).

Metal Gear REX, é o seu trabalho destruí-lo...
A direção do game foi revolucionária, com tomadas cinematográficas e trilha sonora arrasadora, tão logo foi lançado, virou clássico e item obrigatório na prateleira de qualquer um que entendesse a língua inglesa ou japonesa...
O game foi lançado para Playstation e PC, posteriormente foi feito um remake para Gamecube com gráficos atualizados...
Metal Gear Solid 2: Sons of Liberty
Com enredo muito mais complexo que Matrix Revolutions, esse jogo foi desapontador para boa parte dos fãs da série, você jogava com Solid Snake apenas nos minutos iniciais... Depois era apresentado a Raiden, personagem que surgia pela primeira vez na série...
Embora tenha haviado grande rejeição pela maioria dos fãs... Gostei muito desse game, até mais que o primeiro, pois tudo ficou em maior escala, desde o cenário que ao invés de ser um complexo militar, era agora um complexo de "despoluição" em alto mar... O que era uma pataquada, já havia um segredo muito mais nefasto abaixo desta... Mas, "first things first"...
Snake se infiltra em um navio dos fuzileiros norte americanos (de maneira foderosíssima, por sinal) pois tem uma dica de alguém misterioso que mencionava o transporte de um novo modelo de Metal Gear... O problema é que durante a missão, Shalashaska (também conhecido como Revolver Ocelot) invade o navio e rouba o novo modelo destruindo tudo e quase matando Snake.

Metal Gear RAY, anfíbio e com agilidade surpreendente...
Somos apresentados ainda neste game ao irmão perdido de Solid e Liquid no projeto Les Enfants Terribles, Solidous, o presidente dos EUA, e ex-agente dos Patriots... Pai adotivo de Raiden...
Chamo a atenção de todos para outros personagens ainda não mencionados, Fortune, e sua música tema fantástica, e Vamp com dublagem fantástica na edição norte americana do game...
Foi lançado para PS2, PC e Xbox...
Metal Gear Solid 3: Snake Eater
Ao contrário do que vinha acontecendo, esse game não nos conta o resto da história e sim como tudo começou, jogamos com o

The Boss, mestra de Big Boss...
próprio Big Boss nesse game e a sua primeira missão realmente perigosa, bem como o "primeiro Metal Gear" da história... Shagohod...
Somos apresentados também a mulher que fez Big Boss ser o maior espião do mundo... The Boss... Com reflexos surpreendentes e habilidade sobrenatural, The Boss, ensinou a Naked Snake (codinome de Big Boss na época) técnicas de sobrevivência e o CQC (Close Quarters Combat), técnica de combate baseada no uso de uma arma de fogo e uma faca...
The Boss traiu os EUA e se aliou ao coronel Volgin, neste processo fud&u Naked Snake bonito, quebrando braço, costela e o raio a quatro, quase o matando... Com a missão de eliminar The Boss e matar Volgin, Naked Snake é reenviado a União Soviética...
Repetindo tudo que sempre deu certo na série encontramos um bando de maníacos ao lado da Boss e Volgin, a unidade COBRA... Amigos de longa data de Boss, com quem ela teve de cortar relações devido o início da guerra fria... Uma das razões que levou Big Boss a fundar o Outer Heaven uma "terra" apenas para soldados, sem fronteiras...
É de longe o melhor jogo da série, a história real da Boss, é contada apenas no final e é de fazer qualquer fã da série chorar... Também foi o game mais bonito da série até então, com uma evolução do motor gráfico utilizado no segundo game, em especial pelos efeitos de fogo e água...
Não postarei nenhuma imagem do Shagohod, Metal Gear da série pois ele nem de longe representa uma ameaça maior que The Boss no duelo final, diga-se de passagem, lindo... E triste...
O game foi lançado apenas para PS2, deixando fãs da série que possuem um PC (como no meu caso) chupando dedo...
Metal Gear Solid 4: Guns of the Patriots
Esse aqui não finalizei, joguei umas poucas horas... É pra PS3 e tem gráficos fantásticos... Retomamos o controle de Solid Snake, um Snake cansado de tantas batalhas, envelhecido prematuramente devido ao Virus Fox Die (só não está morto, devido a genética surpreendente de Big Boss), injetado no primeiro episódio da série pela Dra. Naomi Hunter...

Old Snake
Uma vez que não finalizei o jogo mais de 5 vezes como todos os anteriores, prefiro não comentar mais... E que fique claro que só não finalizei ainda por que não tenho um PS3... Se alguém aí tiver um com uma cópia do game dando sopa...
Essa foi a primeira sessão de "must play" do blog... Conforme for lembrando de outro material altamente indicado, vou postando... Se tiverem sugestões, deixem nos comentários do post... Ahn, e se esqueci de alguma coisa, sintam-se livres para corrigir...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade